Domingo, 19 de Março de 2006

DIA DO PAI - QUE PENA O MEU VELHO NÃO ESTAR AQUI

 

Hoje é o Dia do Pai e, pela primeira vez, não te posso oferecer mais nada senão flores que não poderás ver e palavras que não poderás ouvir. Sempre fui contra os dias estipulados para ofertas especiais pois todos os dias são bons para brindar aqueles que amamos, mas agora que já não estás entre nós, daria tudo para poder festejar o Dia do Pai e poder ver-te a desembrulhar uma prenda minha, mesmo não acreditando nos tais dias para ofertas especiais.

Quando estávamos juntos, falávamos muito e nem sempre estávamos de acordo. Era natural que assim fosse porque, entre gerações diferentes, há sempre ideias que divergem e quando eu dizia:"Pai, os tempos mudaram, isso já não se usa, antigamente é que era assim" levava sempre com a mesma resposta:"Pois é, o velho já não sabe nada, está a queimar os últimos cartuxos!". Às vezes, eu acabava por condescender, mesmo a contragosto, mas pensava:"Lá terá de ser, o melhor é deixá-lo fazer o que ele quer, para sossego dele e meu, o melhor é não o contrariar". Outras vezes, chegava à conclusão de que a razão não estava do meu lado e dava comigo a pensar:"O velho sempre tinha razão, devia ter-lhe dado ouvidos. Apesar da idade, ainda tem boas ideias". Nem sempre eu dava o braço a torcer, mas às vezes proporcionava-te essa alegria e tenho gravado na mente o brilhozinho matreiro do teu olhar azul enquanto respondias:"Pois claro, bem dizia eu, mas como o velho nunca sabe nada!".

Agora já não conversamos, já não discordamos, deixou de ter importância de que lado é que estava a razão. A única coisa que importa é preencher o vazio e a saudade que ficou desses dias que passávamos juntos e eu sei que muitas vezes, quando as dúvidas me assaltarem, ainda hei-de pensar:"Que pena o meu velho já não estar aqui para me dar uma opinião".

publicado por mmfmatos às 15:12
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De José S. a 19 de Março de 2006 às 19:46
Se os blogs não servirem para mais nada, pelo menos dão-nos a possibilidade de virmos aqui compartilhar e desabafar com os amigos as penas que nos vão na alma.
Um bom resto de Domingo.
Beijinho.
De Castor a 20 de Março de 2006 às 01:46
Olá, Paciente que agora é GatoEscaldado! Foste vencida pelo sapóide, não foi? E ainda por cima migraste... eu, que sou Castor, só podia fazer uma coisa: EMIGRAR! E foi o que fiz. Não emigrei para o Canadá, mas para as terras do tio Sam(uel) [Castor], um parente afastado, mas que me deu guarida. Assim, estou no Dique http://diquedocastor.blogspot.com! E já comi um hemburger à conta, ehe,ehe,ehe... CHUAC!
De Perfect Woman a 20 de Março de 2006 às 12:49
Minha linda, BONITA HOMENAGEM.
Eu sou daquelas que não dou muita importancia a datas pré establecidas, mas acabo por me render sempre dar um beijo terno e carinhso, ao meu "velhinho" que até ainda está pras curvas hihihh
Jinhos ternos
PS: gostei da fora simples como está o teu blog actualmene
De castor a 20 de Março de 2006 às 15:11
Como te percebo...um grande chuac!
De José S. a 20 de Março de 2006 às 23:47
Mais três projectos?
Um deles é, certamente, o substituto do Telescópio.
Tudo de bom.
De lique a 21 de Março de 2006 às 23:32
Sentimos sempre essa falta. Eu sei. Também já perdi o meu há 13 anos.
Bjs
De mocho a 23 de Março de 2006 às 01:44
Sinceramente, pensei em ti no dia do pai. Lembrei-me da "paciente português". Lamento muito a tua tão recente perda. Um grande beijinho, gatinha sem ser escaldada. Vais ficar bem...
De José S. a 24 de Março de 2006 às 15:46
Como não há post novo, aproveito para os esclarecimentos, porque os e-mails se a caixa do correio estiver cheia, já eram.
Quanto à entrada, por enquanto vou mantê-la assim mas, o mais provável, é que me fique pela simplesnet, porque até agora estou satisfeito com o tempo de resposta na edição, o que se torna importante especialmente se nos enganamos e queremos corrigir. Na blogspot a "coisa" torna-se mais lenta do que no sapo.
O Smilig, foi à vida. Já andava com pouca "pachorra" para manter outro blog que tinha sido criado com a finalidade de publicar um ou outro post mais "obsceno" sem constrangimentos familiares mas depressa me descobriram a "careca" e não se justificava estar a postar em dois blogs sendo os temas idênticos.
Quanto ao problema das identidades, elas já existiam, de certa maneira. Não sei se reparaste que no Telescópio aparecia: Publicado por... e aparecia, salvo o erro, madacapricornio45. Agora torna-se chato essa coisa do perfil e do nick ser o mesmo. A solução mais viável é abrires outra conta, com outra identidade. Eu, por exemplo, tinha o Smiling completamente separado da Rua do Beco.
Pronto, acho que está tudo esclarecido, vou passar pelo telescópio e volto Domingo.
Um abraço e bom fim de semana.
(P.S. Lembrei-me que já deves ter migrado o Telescópio e nesse caso não sei se podes voltar a migrar para outro que cries.)
De xuruco a 20 de Abril de 2006 às 19:55
tenho de dizer qq coisa mesmo sem saber bem o quê. não sei que idade tem nem há qt tempo perdeu o seu pai. eu tenho 36 3 perdi o meu há 18.essa saudade vai durar sempre, a falta nunca se vai superar mas resta-nos o conforto de termos tido a sorte de ter una pais fantásticos e de termos tido a capacidade de aprender com eles tudo o que nos permite ter uma vida vivida com bons principios...

Comentar post

.Leva-me contigo


.posts recentes

. GUERRA AO PIERCING

. ELES COMEM TUDO E NÃO DEI...

. SEM ELES A SALADA NÃO TEM...

. DÁ CÁ UMA SONEIRA

. À LEÃO

. O ENCOBERTO - PARTE II

. O ENCOBERTO

. UMA BOA PÁSCOA PARA TODA ...

. CARNAVALADAS HÁ MUITAS

. SOMOS TODOS IBÉRICOS

.arquivos

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.CURIOSIDADES