Quinta-feira, 2 de Novembro de 2006

QUE FUTURO?

Há dias no concurso "Um contra Todos" ouvi um concorrente afirmar com grande à-vontade que não conhecia autores portugueses e fiquei arrepiada. Como é possível que o Governo esteja a fazer acordos com Universidades Americanas para implementar a investigação científica ( não nego a importância da investigação científica, mas nunca vi começar uma casa pelo telhado ) em vez de se preocupar fundamentalmente com as bases do ensino. Vamos formar o quê? cientistas que não conhecem a História nem a Literatura do seu país? O Primeiro Ministro está tão preocupado com o choque tecnológico que se dá ao luxo de ignorar as necessidades e carências do ensino básico e secundário - escolas degradadas, professores desmotivados, programas mal estruturados. Enfim, a receita completa para produzir "doutores analfabetos". O Ministério da Ciência foi o parente rico do OGE enquanto o Ministério da Educação continua a sofrer com a austeridade - redução do pessoal de limpeza, redução dos auxiliares de acção educativa, falta de cantinas, falta de ginásios, falta de material didáctico . É importante o conhecimento científico e tecnológico, mas é fundamental que, ao atingirem esse patamar, os jovens estejam identificados com matérias tão importantes como são aquelas que fazem parte da sua própria identidade. Um povo que não conhece o seu passado, desvaloriza o presente e não tem grande futuro.

tags:
publicado por mmfmatos às 18:02
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

.posts recentes

. QUE FUTURO?

.arquivos

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006